Coordenador do curso de Relações Internacionais, Marconi Aurélio, participará da atividade

A programação da 5ª edição do Congresso da Associação Municipalista de Pernambuco – Amupe é voltada para o debate e implementação dos 17 objetivos traçados pelas Nações Unidas em 2015, que tem até 2030 para sua conclusão. Com o tema “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Meta Global, Ação Municipal” o Congresso reunirá prefeitos e representantes das 184 prefeituras municipais de Pernambuco.

Durante os próximos dias 5 e 6 de abril os objetivos serão discutidos, entre estudiosos, políticos e entidades sociais. A Asces-Unita, participa da programação com a oficina “Implantando os ODS nos municípios: rede e governança”, nela o coordenador do curso de Relações Internacionais, Dr. Marconi Aurélio discutirá acerca das atividades desenvolvidas no estado através da Rede ODS Universidades, da qual a Asces-Unita é única representante em Pernambuco.

O que é a Rede ODS Universidades?

Fortalecer atividades de ensino, pesquisa e extensão que promovam o desenvolvimento sustentável, em linha com a Agenda 2030. Com esse propósito a Rede ODS Universidades, iniciativa que envolve Instituições de Ensino Superior de diferentes estados do país, com o apoio do PNUD incitará no setor acadêmico, políticas que promovam a erradicação da pobreza, o crescimento econômico e a sustentabilidade do planeta. Outra atribuição das instituições é incentivar a territorialização dos ODS, processo que fortalece ações no âmbito local. O secretário nacional de Articulação Social da Secretaria de Governo da Presidência da República, Henrique Villa, afirmou que “as universidades brasileiras geram muito conhecimento, criam capacidades, treinam e capacitam pessoas, portanto a aproximação da academia com a Agenda 2030 é fundamental para fortalecer o processo de implementação dos ODS no Brasil”. Na avaliação do diretor do país do PNUD, Didier Trebucq, a Rede será uma facilitadora de soluções para o alcance da Agenda 2030. “A Rede ODS Universidade criará espaços para aplicação de conceitos, teorias e soluções elaboradas no meio acadêmico no âmbito de projetos de extensão e ampliando o debate sobre o desenvolvimento sustentável. Acredito que temos, com a Rede, um grande potencial de consolidação de um exemplo que poderá nos inspirar no futuro”.

Categorias: Notícias